Pesquisar neste blogue

segunda-feira, 18 de abril de 2011

Bolonha - Piazza Maggiore

Piazza Maggiore - Vista da Torre Asinelli
A Piazza Maggiore é o coração e a alma de Bolonha, é o centro geográfico, cultural e político da cidade. Esta praça foi construída para ser utilizada pelo público. Foi ponto de encontro nos momentos políticos de relevo, como as proclamações e em casos de sentenças judiciais (as sentenças de morte eram consideradas atracções na época). Foi ainda um centro de entretenimento onde se realizavam torneios e festivais.

Esta praça, com 115m de comprimento por 60m de largura, é circundada pelos mais importantes edifícios da cidade: A oeste o Palazzo d'Accursio ou Comunale; a sul, em frente ao Palazzo del Podestà, o mais antigo da praça, destaca-se a fachada da Basílica de San Petronio; a nascente o Palazzo dei Banchi.

Piazza Maggiore
A parte central da praça, construída em 1934, caracteriza-se por uma plataforma pedonal elevada, apelidada de "il crescentone", que abriga todo o tipo de iniciativas artísticas. Podem ainda ser observados os danos provocados por um tanque americano, em 21/04/1945, dia da libertação da cidade.

Do ponto de vista histótico esta praça é fruto da arte e do pensamento medieval. Iniciada no século XIII, foi alvo de inúmeras alterações tendo tomado a sua forma actual no século XVI, com a conclusão da adjacente Piazza del Nettuno.


Palazzo Comunale

Situado no lado oeste da Piazza Maggiore, este edifício é constituído pelos Palazzo d’Accursio e Palazzo del Legato e é a sede do Município de Bolonha.

Piazza Maggiore - Palazzo Comunale

O Palazzo d'Accursio distingue-se pela torre do relógio no seu topo e o seu nome tem origem no facto de ter sido habitado na segunda metade do séc. XIII por Francesco Accursio. Posteriormente foi transferido para o município e utilizado como celeiro, daí que também seja conhecido por Palácio do Milho.
Piazza Maggiore - Palazzo Comunale - Claustro interior
O Palazzo del Legato, que remonta ao séc. XVI, foi construído para abrigar os apartamentos do Cardinale Legato.

A separar os dois edifícios está uma estátua do Papa Gregório XIII, bolonhês, conhecido pela revisão da lei canónica, pelo Jubileu de 1575 e sobretudo pelo calendário gregoriano.

Piazza Maggiore - Palazzo Comunale - Estátua do Papa Gregório XIII
É aqui a sede da Collezioni Comunali d'Arte, com pinturas da idade média até ao séc. XIX e do Museu Morandi, com obras doadas à cidade pela família de Giorgio Morandi.

Informações úteis:
http://www.comune.bologna.it/iperbole/MuseiCivici/museicivici2000ita/homeinfo.htm
http://www.mambo-bologna.org/museomorandi/


Palazzo del Podestà

O lado norte da Piazza Maggiore é ocupado pelo Palazzo del Podestá, construído em 1200. Este palácio foi construído para o governo da cidade e para os seus funcionários. As decisões das reuniões políticas tomadas a cabo no edifício eram difundidas para a praça.

Piazza Maggiore - Palazzo del Podestà
Este grande complexo arquitectónico é atravessado por dois caminhos que se entroncam no Voltone del Podestá, do qual se ergue a Torre dell'Arengo, conhecida pela sua campânula, utilizada chamar o povo nos momentos mais importantes. Sob as abóbodas foram colocadas estátuas de terracota, em 1525, que representam os santos patronos da cidade.

Piazza Maggiore - Palazzo del Podestà - Voltone del Podestá
O mais divertido da visita a esta palácio é utilizar os pilares para fazer um jogo de sons. Se murmurarmos num dos pilares o som propagasse e é audível nos pilar oposto. Esta brincadeira entretem muitos turistas e as marcas são bem visíveis nas paredes.

Piazza Maggiore - Palazzo del Podestà - Voltone del Podestá
A estrutura actual é muito diferente da original porque o adjacente Palazzo Re Enzo foi construído mais tarde, em 1245, uma vez que o Palazzo del Podestá se revelarou insuficiente para acomodar a grande participação popular no governo da cidade.


Palazzo dei Banchi

Situado no lado oriental da Piazza Maggiore, deve o seu nome às lojas que alojava nos séc. XV e XVI e que efectuavam câmbio.

Piazza Maggiore - Palazzo dei Banchi
Na realidade, o Palazzo dei Banchi não é um edifício único, mas uma fachada construída por Vignola, no século XVI, para harmonizar as velhas casas, desse lado da praça, com os edifícios circundantes.

Daqui parte o pórtico mais famoso, o Pavaglione, que liga este edifício ao Palazzo dell'Archiginnasio, primeira sede da universidade de Bolonha.


Basilica di San Petronio

(ver artigo)

Sem comentários:

Enviar um comentário